Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
PELO 5º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Mais de 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

PELO 5º DIA CONSECUTIVO BRASIL REGISTRA MAIS DE MIL ÓBITOS POR COVID-19 – Mais de 650 mil casos antes do pico a ser registrado nesta quinzena.

ULTRAPASSAMOS A ITÁLIA E NOS TORNAMOS O 3º PAÍS EM VITIMAS DA PANDEMIA. VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA.   CIENTISTAS
CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

CIDADES COMEÇAM A REATIVAR O TRANSPORTE COLETIVO URBANO EM SC – Ônibus intermunicipal ainda sem previsão de retorno.

PREFEITOS DEFINEM CONDIÇÕES PARA OPERAÇÕES E OS CUIDADOS PARA EMPRESAS RETOMAREM OS SERVIÇOS COM MENOS RISCOS DE CONTAMINAÇÃO. Principais cuidados: 50% da
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU

ASSISTÊNCIA SOCIAL PROMOVE A V CONFERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DOS DIREITOS ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS


Esta postagem foi publicada em 4 de julho de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Serão dois dias de palestras, debates e reflexões, tendo como tema principal a “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS
— “ Sistema Único de Assistência Social


Com a proposta de construir um novo olhar para as políticas públicas voltadas aos mais vulneráveis, principalmente os usuários dos diversos serviços sociais oferecidos pela administração municipal, a Secretaria da Assistência Social e Habitação, em parceria com os Conselhos Municipais, promovem a V Conferência de Integração dos Direitos às Políticas Públicas. O evento está sendo realizado nesta segunda e terça-feira (3 e 4), no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac).

A abertura oficial foi prestigiada por autoridades, convidados, presidentes de Associações de Moradores, usuários dos Centros de Referência Assistência Social (CRASs), servidores municipais e representantes dos conselhos municipais de Assistência Social, dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Promoção Igualdade Racial, dos Direitos das Pessoas com Deficiência e do Idoso, lotando o auditório do CCJ. O evento também contou com grande participação de portadores de deficiências, sendo realizado em um local acessível e com intérprete em libras.

Serão dois dias de palestras, debates e reflexões, tendo como tema principal a “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS – Sistema Único de Assistência Social”. O vice-prefeito Juliano Polese enfatizou a importância das Conferências em âmbito municipal, como forma de melhorar os serviços prestados à população. “Que possamos, a partir do debate, encontrar alternativas e soluções para as necessidades do povo. O poder público tem esse compromisso de ouvir a comunidade para que juntos possamos construir um futuro melhor para nosso município”, diz.

Para o secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, Conferências são espaços abertos para o exercício do controle social. Em Lages existem aproximadamente sete mil famílias que vivem em situação de extrema pobreza. “Daqui lançaremos diretrizes de fortalecimento do SUAS e da política pública aos mais necessitados”, destaca.

Outro objetivo importante do evento é trazer para o debate os usuários dos serviços do município para que o desempenho dos instrumentos sociais seja avaliado. “Precisamos ouvir da população no que as políticas públicas podem melhorar. Outro problema é que muitos usuários desconhecem seus direitos, o que precisam ser garantidos pelo poder público”, comenta a Secretária Executiva dos Conselhos Municipais, Ana Paula Tein.

A abertura contou com a apresentação do grupo Percoral, que se trata de um projeto social de musicalização das crianças e adolescentes que usufruem dos serviços oferecidos pelos CRAS. Eles utilizam instrumentos de percussão alternativos, como latas e galões velhos para fazer os ritmos brasileiros que deram origem ao samba.

Fotos: Marcelo Pakinha

 


440 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-