Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Anunciar Empresa
HÁ QUEM DIGA QUE INCÊNDIOS MOSTRADOS POR SATÉLITES SÃO MAIS NA BOLÍVIA/BERNARDO KUSTER – E queimadas não têm a ver com desmatamento e sim com o tempo seco.

HÁ QUEM DIGA QUE INCÊNDIOS MOSTRADOS POR SATÉLITES SÃO MAIS NA BOLÍVIA/BERNARDO KUSTER – E queimadas não têm a ver com desmatamento e sim com o tempo seco.

REGIME DE CHUVAS ESTÁ RELACIONADO AO EFEITO ESTUFA, CAUSADO MAIS PELAS FÁBRICAS DOS QUE ACUSAM O BRASIL DE NÃO CUIDAR
PALESTRAS EM SC ABORDAM O SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA – O Foro de São Paulo teria pensado o Brasil como centro da “URS do Ocidente”.

PALESTRAS EM SC ABORDAM O SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA – O Foro de São Paulo teria pensado o Brasil como centro da “URS do Ocidente”.

E O FATO FOI QUE A PARTIR DESSE FORO QUE TEVE INÍCIO A ASCENSÃO DE VÁRIOS GOVERNOS SOCIALISTAS SUL AMERICANOS. Numa
CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

CHOQUES NAS CULTURAS COLONIAIS – Diferenças entre as colonizações Norte Americanas e as Sul Americanas/Brasil.

AS LÁ DE CIMA FORAM BASEADAS NO TRABALHO E AS DAQUI DE BAIXO NA FÉ PREGADA POR CATÓLICOS. Ao analisarmos as
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ, EM FLORIANÓPOLIS/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ, EM FLORIANÓPOLIS/SC – Jessé Lopes/PSL, é da CPI que investiga suspeitas de irregularidades na reforma dessa ponte.

O PARLAMENTAR ENTENDE QUE A POPULAÇÃO DE TODO O ESTADO NÃO PODE CONTINUAR PAGANDO POR UMA OBRA INÚTIL E QUE
DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passa de R$ 1 bilhão”.

DEPUTADO SUGERE IMPLOSÃO DE PONTE EM FLORIANÓPOLIS/SC – “Se for corrigido o que já foi gasto em reformas, o montante passa de R$ 1 bilhão”.

ESTÁ EM ANDAMENTO A CPI DA PONTE HERCÍLIO LUZ, QUE  INVESTIGA SUSPEITA DE MAU USO DO DINHEIRO PÚBLICO EM CONTRATOS
NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ANDARAM LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

NEM FOI CONCLUÍDA A REFORMA DA PONTE HERCÍLIO LUZ E AS OUTRAS JÁ ANDARAM LARGANDO PEDAÇOS – Está na hora de parar de gastar com pontes em Florianópolis.

QUE TAL COMEÇAR A SE PENSAR EM MUDAR A CAPITAL PARA O CENTRO DO ESTADO? Nem foi concluída a reforma da
PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

PEC DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SENADO – Tendência é qualquer inclusão ocorrer por PEC Paralela.

COMEÇAM AUDIÊNCIAS PÚBLICAS E VOTAÇÕES SÃO PREVISTAS PARA 5 DE SETEMBRO E 10 DE OUTUBRO. Já é certa a edição na Casa
SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SISTEMA FOREVER ÁGUIAS BRASIL DE CRICIÚMA – Treinamento foca nova revolução em produtos para a pele.

SÃO MODERNOS RECURSOS PARA VOCÊ MANTER SUA PELE SEMPRE JOVEM,  SAUDÁVEL, BEM ACESSÍVEIS E SUSTENTÁVEIS. Os produtos Forever são concebidos a

ASSISTÊNCIA SOCIAL PROMOVE A V CONFERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DOS DIREITOS ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS


Esta postagem foi publicada em 4 de julho de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Serão dois dias de palestras, debates e reflexões, tendo como tema principal a “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS
— “ Sistema Único de Assistência Social


Com a proposta de construir um novo olhar para as políticas públicas voltadas aos mais vulneráveis, principalmente os usuários dos diversos serviços sociais oferecidos pela administração municipal, a Secretaria da Assistência Social e Habitação, em parceria com os Conselhos Municipais, promovem a V Conferência de Integração dos Direitos às Políticas Públicas. O evento está sendo realizado nesta segunda e terça-feira (3 e 4), no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac).

A abertura oficial foi prestigiada por autoridades, convidados, presidentes de Associações de Moradores, usuários dos Centros de Referência Assistência Social (CRASs), servidores municipais e representantes dos conselhos municipais de Assistência Social, dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Promoção Igualdade Racial, dos Direitos das Pessoas com Deficiência e do Idoso, lotando o auditório do CCJ. O evento também contou com grande participação de portadores de deficiências, sendo realizado em um local acessível e com intérprete em libras.

Serão dois dias de palestras, debates e reflexões, tendo como tema principal a “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS – Sistema Único de Assistência Social”. O vice-prefeito Juliano Polese enfatizou a importância das Conferências em âmbito municipal, como forma de melhorar os serviços prestados à população. “Que possamos, a partir do debate, encontrar alternativas e soluções para as necessidades do povo. O poder público tem esse compromisso de ouvir a comunidade para que juntos possamos construir um futuro melhor para nosso município”, diz.

Para o secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, Conferências são espaços abertos para o exercício do controle social. Em Lages existem aproximadamente sete mil famílias que vivem em situação de extrema pobreza. “Daqui lançaremos diretrizes de fortalecimento do SUAS e da política pública aos mais necessitados”, destaca.

Outro objetivo importante do evento é trazer para o debate os usuários dos serviços do município para que o desempenho dos instrumentos sociais seja avaliado. “Precisamos ouvir da população no que as políticas públicas podem melhorar. Outro problema é que muitos usuários desconhecem seus direitos, o que precisam ser garantidos pelo poder público”, comenta a Secretária Executiva dos Conselhos Municipais, Ana Paula Tein.

A abertura contou com a apresentação do grupo Percoral, que se trata de um projeto social de musicalização das crianças e adolescentes que usufruem dos serviços oferecidos pelos CRAS. Eles utilizam instrumentos de percussão alternativos, como latas e galões velhos para fazer os ritmos brasileiros que deram origem ao samba.

Fotos: Marcelo Pakinha

 


340 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-