Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.

UM DESAFIO DA ENGENHARIA À NATUREZA – A construção da estrada da Serra do Rio do Rastro uma das maravilhas feitas pelo homem.

NOS TEMPOS DAS TROPEADAS O SERRANO LEVAVA CHARQUE E COURO PELA TRILHA DE CHÃO BATIDO E TRAZIA SAL, AÇÚCAR, FARINHA
AS BEM HUMORADAS DO FUTEBOL: SELEÇÃO “EMPATITE” SÓ GOLEIA DE 1 A 1 – E nosso craque Neymar só participa da largada.

AS BEM HUMORADAS DO FUTEBOL: SELEÇÃO “EMPATITE” SÓ GOLEIA DE 1 A 1 – E nosso craque Neymar só participa da largada.

PARECE O COPERSUCAR DO ÉMERSON FITTIPALDI: QUASE SÓ PARTICIPAVA DA LARGADA E SÓ ESTEVE EM DOIS PÓDIOS EM CINCO ANOS. Seleção
APOSTA AQUI DO PORTAL: FLAMENGO SERÁ CAMPEÃO NA 34ª RODADA – Que tal por o time do Jesus no lugar da seleção do Tite nas Eliminatórias?

APOSTA AQUI DO PORTAL: FLAMENGO SERÁ CAMPEÃO NA 34ª RODADA – Que tal por o time do Jesus no lugar da seleção do Tite nas Eliminatórias?

MÍDIA ESPORTIVA APOSTA QUE VIRA CAMPEÃO  NA 35ª RODADA. MAS, A CONTINUAR ESSE ANDOR DO JESUS SERÁ ANTES... Quem sabe colocamos
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão

AS BEM HUMORADAS POLÍTICA – Tomam posse 27 governadores e um presidente. Função primeira: administrar dívidas e brigar com funcionários públicos.


shutterstock_111173990
Esta postagem foi publicada em 1 de janeiro de 2019 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

NA FUNÇÃO PARALELA, VÃO DISPUTAR PODER COM O LEGISLATIVO E APANHAR DA OPOSIÇÃO, O QUE É DEMOCRÁTICO.

OPINIÃO

Dentro do espírito deste espaço, vamos às opiniões relativas aos argumentos acima.

Os 26 governadores dos Estados e o do Distrito Federal pegaram essas unidades da federação até o pescoço de dívidas. Algumas com números astronômicos, como os casos de Minas e Rio, que são bilionárias. Três das  quatro novidades eleitas que tomaram posse, pegaram rabos de foguete a mais: salários atrasados, corrupção e violência crescentes.

Dos funcionários públicos, salvo da minoria mais consciente, como os novos governos terão de mexer em privilégios, desbaratar velhas práticas e exigir eficiência e eficácia, não poderão esperar outra coisa, senão reclamações, queixas e até radicalismo. Em alguns casos até boicote com a operação corpo mole, tentando engessar e emperrar a máquina para desgastar o novo governo.,

Nunca é bom esquecer que no 2º e 3º escalões é onde está a energia da máquina, portanto, é quem realmente administra as ações. Ainda mais que a maioria é integrada por estáveis e que se consideram os donos do governo e do dinheiro público.

No desafio paralelo, os novos governos vão negociar com um Legislativo onde o balcão de negócio envolvendo caragos, privilégios e emendas parlamentares era normal e cuja postura agora é uma incógnita.

Da oposição, como é legítimo, não deverão esperar rosas e sim chicotadas, alfinetadas e malabarismos espetaculares para as arquibancadas. Até porque, numa Democracia, tão digno e nobre como ser situação, é ser oposição.

Logo, o “jus esperneandus” da oposição é legítimo…

ERON PORTAL.


157 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-