Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
PÚBLICO TAMBÉM FOI ATRAÇÃO NA 2ª NOITE DO FESTIVAL “UMA CANÇÃO PARA CRICIÚMA”/SC – O espetáculo faz parte das comemorações dos 140 anos da cidade.

PÚBLICO TAMBÉM FOI ATRAÇÃO NA 2ª NOITE DO FESTIVAL “UMA CANÇÃO PARA CRICIÚMA”/SC – O espetáculo faz parte das comemorações dos 140 anos da cidade.

Nesta sexta, 15, acontece a 3ª etapa, completando as 36 composições participantes do festival. Sábado será a grande noite. Serão
NOVA FRENTE PARLAMENTAR VAI CONTRIBUIR COM O MODELO PRODUTIVO CATARINENSE – A Frente do Agronegócio, Turismo Rural e Tradicionalismo é ideia inteligente.

NOVA FRENTE PARLAMENTAR VAI CONTRIBUIR COM O MODELO PRODUTIVO CATARINENSE – A Frente do Agronegócio, Turismo Rural e Tradicionalismo é ideia inteligente.

SANTA CATARINA É MODELO AO BRASIL EM AGROINDÚSTRIAS, COOPERATIVISMO E EQUILÍBRIO SÓCIO ECONÔMICO. O sucesso do setor produtivo catarinense é consequência
LANÇADA NOVA FRENTE PARLAMENTAR – A do Agronegócio, Turismo Rural e Cultura Tradicionalista.

LANÇADA NOVA FRENTE PARLAMENTAR – A do Agronegócio, Turismo Rural e Cultura Tradicionalista.

Foi nesta quarta, 13, na ALESC, reunindo representantes destes importantes setores do bem sucedido modelo produtivo catarinense. Na mesa dos trabalhos
OPINIÃO – MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO – A Lei de Responsabilidade Fiscal é inócua sem a cultura da responsabilidade nos gastos.

OPINIÃO – MINISTRO PAULO GUEDES TEM RAZÃO – A Lei de Responsabilidade Fiscal é inócua sem a cultura da responsabilidade nos gastos.

PARA NÓS AQUI DO PORTAL O PODER PÚBLICO JÁ NASCEU COBRADOR DE IMPOSTOS E EXPLORADOR DAS RIQUEZAS NATURAIS E DAS
MUNICÍPIOS SÃO UM FARDO A MAIS PARA O CIDADÃO – Mas só enxugando a folha da Prefeitura e da Câmara já não é preciso incorporação.

MUNICÍPIOS SÃO UM FARDO A MAIS PARA O CIDADÃO – Mas só enxugando a folha da Prefeitura e da Câmara já não é preciso incorporação.

BASTA SUBSTITUIR O LEGISLATIVO POR UM CONSELHO SEM SALÁRIO QUE REDUZ O QUADRO E MELHORA O RESULTADO. OPINIÃO Quando as câmaras de
BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Técnicos param em pé enquanto os jogadores querem. Dos que derrubaram o chefe só as raposas velhas perderam.

BEM HUMORADAS DO FUTEBOL NO PORTAL – Técnicos param em pé enquanto os jogadores querem. Dos que derrubaram o chefe só as raposas velhas perderam.

TÉCNICO DE FUTEBOL ATÉ PARECE MINISTRO DA EDUCAÇÃO: SE O APARELHAMENTO IDEOLÓGICO, OS MANISFESTANTES E OS GREVISTAS RESOLVEREM, DERRUBAM. Como é
INCORPORAÇÃO DE PEQUENOS MUNICÍPIOS REPERCUTE NOS ESTADOS – Deputado Jerry Comper, da comissão de assuntos municipais/SC é contra.

INCORPORAÇÃO DE PEQUENOS MUNICÍPIOS REPERCUTE NOS ESTADOS – Deputado Jerry Comper, da comissão de assuntos municipais/SC é contra.

DEPUTADO ARGUMENTA QUE É PRECISO FORTALECER, NÃO ENFRAQUECER COMUNIDADES DO INTERIOR.   O presidente da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa
EDUARDO BOLSONARO FAZ PALESTRA EM CRICIÚMA/SC – Foi uma viagem na História, da velha França ao Brasil de Jair Bolsonaro.

EDUARDO BOLSONARO FAZ PALESTRA EM CRICIÚMA/SC – Foi uma viagem na História, da velha França ao Brasil de Jair Bolsonaro.

A PROMOÇÃO E A ORGANIZAÇÃO FOI DA EQUIPE DA COALIZÃO CONSERVADORA LOCAL. O PRIMEIRO COMPROMISSO PÚBLICO OFICIAL DA NOITE FOI UMA

AMURES E CISAMA CAPACITAM AUDITORES FISCAIS PARA O PROGRAMA SAÚDE FISCAL


Esta postagem foi publicada em 1 de dezembro de 2017 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

Com objetivo de cumprir um acordo de cooperação técnica com o Ministério Público, a Amures e o Cisama realizaram nesta quarta-feira (29), uma capacitação com os auditores fiscais dos municípios para implantar o Programa Saúde Fiscal. Caso não implementem as ações de combate à sonegação fiscal, os municípios podem sofrer sanções que vão desde bloqueio de transferências de emendas até improbidade administrativa.

Em outubro os prefeitos participaram de encontro com o Coordenador do Centro de Apoio Operacional da Ordem Tributária, do Ministério Público de Santa Catarina, Giovanni Andrei Franzoni Gil que alertou sobre a possibilidade de bloqueio nos repasses de recursos de convênios e emendas parlamentares.

Ele advertiu os prefeitos de que, o artigo 10 da Lei de Improbidade Administrativa penaliza o gestor que não cobrar impostos e causae lesão ao erário público. Diante disso, os prefeitos não podem negligentemente na arrecadação de tributos no que diz respeito à conservação do patrimônio público.

O diretor executivo do Cisama Selênio Sartori e a secretária executiva da Amures Iraci de Souza, falaram da importância do programa e do cumprimento do termo de cooperação técnica. “O não cumprimento desse termo pode acarretar em crime contraordem tributária, em se referindo ao ITBI e ISS. Nestes casos, o contribuinte é tido como sonegador. Não como o caso do IPTU em que o não pagamento gera ao contribuinte a condição de inadimplente”, exemplificou Selênio Sartori.

A assessora jurídica da Amures Zenalda Vanim de Moraes e o assessor do Movimento Econômico Adilsom de Oliveira Branco participaram da capacitação junto com o assessor do Programa Saúde Fiscal Luciano Anziliero. Eles explicaram que a meta é obter a curto espaço de tempo, um diagnóstico preciso da situação tributária dos 18 municípios da Serra Catarinense.

“Temos de atualizar o mais breve possível, a planta genérica de valores, os códigos tributários e analisar como estão os processos administrativos eletrônicos. Do contrário os gestores dos municípios podem sofrer inúmeras penalidades e não se trata de aumentar impostos, mas de cumprir determinações legais sob a fiscalização do Ministério Público”, reiterou Luciano Anziliero.

Um dos prazos que os municípios têm de cumprir é até 30 de dezembro desse ano, para que corrijam a legislação interna e atos administrativos que estejam vigentes. O que preocupa a equipe técnica da Amures e Cisama é que a região tem o quinto pior município em arrecadação de ISS do Estado e dois entre os dez piores em arrecadação própria. O que demonstra pouca eficiência na fiscalização e no cumprimento das normais que estão sendo cobradas pelo Ministério Público.


240 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-