Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA. CIENTISTAS TEMEM QUE FLEXIBILIZAÇÃO INDISCRIMINADA LEVE À CONTAMINAÇÃO DESCONTROLADA. HISTÓRICO DA SEMANA: Hoje, 04/05 -
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU
O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

APÓS VENCIDA A BATALHA PELA VIDA E AS REFORMAS, VEM A BUSCA DA CONFIANÇA DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS PARA RECUPERAÇÃO DA

DADA LARGADA DA SUCESSÃO ESTADUAL – Amin lançado pré-candidato a governador.


Esperidião-Amin-PEC-287
Esta postagem foi publicada em 27 de fevereiro de 2018 Destaques 5, Notícias em Destaques Slide Topo.

Brasília - O deputado Esperidião Amin, relator do projeto sobre renegociação das dívidas estaduais, fala à imprensa (Antonio Cruz/Agência Brasil)

 

O deputado federal Esperidião Amin, presidente estadual do PP, foi lançado nesta semana pelo partido pré-candidato a governador. Ele já havia dado sinais de estar jogando para a plateia, politicamente, ao falar na votação da intervenção no Rio de Janeiro e criticar o Governo Federal, acusando-o de fazer marketing com essa media extrema. Disse que se a moda pega, daqui um pouco,  todo Estado que estiver com problema na segurança vai querer o mesmo e o presidente aí terá ótimos pratos eleitorais e sem ter de fazer nada depois,  já que terá poucas chances de se eleger.

Outro indício de que realmente Amin está propenso a ser candidato foi a conversa que teve com o senador Paulo Bauer, presidente estadual do PSDB e também pré-candidato a governador. Agora a espera será por uma definição de quem o PP terá de parceiro numa coligação e se aceitam ir a reboque, apenas com a vaga do vice.  Todos já sabem que Amin tem história de querer o apoio sem compromisso de loteamento do Governo. Justifica que isso deve ficar para depois de ganhar.

Tanto o exposto acima é verdade que Amin já ajudou a perder três eleições: uma sua uma, a da esposa Ângela, quando a orientou a só pedir o apoio do PFL e não falar em cargos, e outra que jogou esse mesmo partido nos braços do PMDB. Até já há uma lenda que diz: “em Sana Catarina, a direita e o centro já sabem como perder eleições. Desde os tempos da ARENA, sempre que saíram separados perderam”.

Agora a história se repete como na vez em que Amin perdeu para Pedro Ivo Campos, que Ângela perdeu para Paulo Afonso e quando não quis ceder a cabeça da chapa Colombo e sair ao Senado. Agora tudo se encaminhava para que PP, PSD e PSDB fechassem contra o PMDB e o PT. Já está afastada essa hipótese.

Amin deve até ganhar, mas irá depender em muito de um arco de alianças e de possíveis acidentes de percurso dos adversários. Mesmo tendo muita água para passar por debaixo da ponte, o fato é que o resultado da eleição em SC ainda é uma incógnita. Hoje, o favorito seria o candidato que o PMDB indicar. Especialmente se este for o deputado Mauro Mariani.

 


285 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-