Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

VEJA PARTE DA HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA CORVO BRANCO/sc – “Estamos tingindo de preto as asas brancas do corvo”.

ESSA CONSTRUÇÃO FOI MAIS UM DOS DESAFIOS DA ENGENHARIA À NATUREZA. ELA PASSA POR UM SANTUÁRIO ECOLÓGICO DE GRÃO PARÁ.
FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

FÓRUM PARLAMENTAR/SC FOI À ANTT DISCUTIR CONCESSÃO DA 101 – Amin e FECAM integraram essa comitiva.

O senador Esperidião Amin participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com a Diretoria da ANTT, em Brasília. Objetivo foi
UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

UM SONHO DA SERRA DO RIO DO RASTRO – UM TELEFÉRICO LIGANDO SIDERÓPOLIS AO MIRANTE DE BOM JARDIM..

PENSADO NO GOVERNO CATARINENSE PASSADO, O PROJETO INTERESSOU A INVESTIDORES EXTERNOS. MAS AGORA ESTÁ FORA DA PAUTA DO TURISMO DE
OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

OBRAS DAS RODOVIAS CATARINENSES TEM AS DIGITAIS E AMIN – BR 282 e Esterada da Serra do Rio do Rastro foram seus desafios.

GOVERNADOR POR DUAS VEZES, O ATUAL SENADOR ESPERIDIÃO AMIN SEMPRE FOI UM APAIXONADO POR RODOVIAS. DESDE OS TEMPOS DE SECRETÁRIO
A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

A MULHER NA POLÍTICA – A força da bancada do batom continua em alta em Santa Catarina.

URUPEMA - NA SERRA CATARINENSE - DEVE SER O MUNICÍPIO COM A MAIOR BANCADA FEMININA. São quatro as vereadoras que estão
BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

BASTIDORES DO INDICIAMENTO DE JULIO GARCIA EM IMAGENS – Maioria do público da terça, 15, nos arredores do plenário da ALESC, era de repórteres.

PRESIDENTE DO PODER GARANTE QUE VIVERÁ UM CALVÁRIO ATÉ O STF, MAS PROVARÁ OS EQUÍVOCOS DESSA INVESTIGAÇÃO ALCATRAZ EM RELAÇÃO
AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE PROJETO QUE BENEFICIA 60% DOS MUNICÍPIOS – A matéria é do deputado Jerry Comper, presidente da comissão de assuntos municipais/SC.

PROJETO PROPÕE ALTERAÇÃO NA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS AOS MUNICÍPIOS. OS MENORES, UNS 60%, SERIAM OS MAIS BENEFICIADOS. Atualmente o bolo do
EDITORIAL –  É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

EDITORIAL – É importante se criar municípios? Qual o efeito disso no retorno dos impostos?

HOJE A DIVISÃO DO BOLO ARRECADADO NO ICMS É DE PARTE IGUALMENTE A TODOS E PARTE COM BASE NO MOVIMENTO

ACONTECEU EM LAGES O I LAGES MATSURI – comemoração dos 110 anos da imigração japonesa


Esta postagem foi publicada em 22 de julho de 2018 Administração, Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo.

…….

1° Lages Matsuri reuniu milhares de pessoas

 

REALIZADA NESTE SÁBADO A PROGRAMAÇÃO DO I MATSURI

O I Lages Matsuri comemorará os 110 anos de imigração japonesa no Brasil. A Fundação Cultural de Lages (FCL) e a ACNBL (Associação Cultural Nipo Brasileira de Lages) se esmeraram na preparação, inscrições e apresentações para que o evento fosse um sucesso.

A Fundação Cultural fez parceria com as secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Semasa, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Planejamento e Obras (Seplan), Diretoria de Trânsito (Diretran) e as Polícias Militar e Civil tem cuidado de toda a logística do Lages Matsuri.

Palco, sistema de som, banheiros químicos, tendas e a estrutura da Biblioteca Pública Carlos Dorval de Macedo são responsabilidades da Prefeitura, através da FCL e demais secretarias. A equipe do Centro de Educação Ambiental Ida Schmidt também está auxiliando na organização. A ACNBL executa as atrações artísticas, decoração, praça de alimentação, exposição de arte oriental e as oficinas de origami e mangá. Também há a possibilidade de uma oficina de bonsai.

As oficinas foram realizadas na parte da tarde do sábado (21 de julho), a partir das 14h na Biblioteca, e as inscrições podem ser realizadas na hora das oficinas com as instrutoras. As oficinas foram gratuitas e não foi necessário levar material.

O presidente da ACNBL, Gilberto Massashi Ide, diz que serão três turmas para o período da tarde. “São seis vagas por turma para cada oficina. As turmas foram dividas em três com horários que iniciam às 14h no piso superior da biblioteca”, informa.

Shows, gastronomia e encerramento especial

O I Lages Matsuri tem uma programação voltada para registrar os 110 anos de colonização japonesa no Brasil, mas também é um evento que tem por objetivo contar aos lageanos que a comunidade nipo brasileira em Lages é forte e atuante. O início das atividades está programado para as 10 horas, deste sábado (21), com solenidade de abertura aconteceu às marcada para as 11 horas, com presença de autoridades e a execução dos hinos de Lages, Brasil e Japão e tradução simultânea para o japonês.

Ao longo do dia os visitantes foram recebidos numa pracinha de alimentação com venda de pasteis japoneses, tempurá, sushi e yakisoba e uma loja de artigos japoneses.

Os shows também fazem parte da programação, além das apresentações do grupo de Taiko (tambores japoneses) Sakura Daiko, mostra de danças japonesas e artes marciais também fazem parte das atrações.

O encerramento foi às 17h30, quando barquinhos com velas foram lançados no Tanque. Segundo os organizadores é uma tradição japonesa que representa a paz.

Veja a programação do Iº Lages Matsuri:

10h – início das atividades;

11h – cerimônia de abertura;

13h30 – apresentação de judô;

14h – Show Taiko Sakura Daiko (tambores);

14h30 – Danças japonesas;

15h – Lai Do (demonstração com espadas);

15h15 – Danças Japonesas;

15h30 – Demonstração de Karatê;

16h – Workshop de Taiko;

16h30 – Danças japonesas;

17h – Show Taiko Sakura Daiko (tambores);

17h30h – Encerramento com soltura de barquinhos japoneses no Tanque.

Serviço:

O quê? – Oficinas de mangá e origami do I Lages Matsuri;

Quando? – 21 de julho, sábado;

Onde? – Biblioteca Pública Municipal Carlos Dorval de Macedo;

Hora? – a partir das 14h;

Como? – inscrições diretamente no local com as professoras, gratuitas, e com 6 vagas para cada oficina.

LAGES, SC, 21.07.2018: Cultura - O 1° Lages Matsuri celebrou os 110 anos da imigração japonesa no Brasil, o festival nipônico reuniu em sua programação danças típicas japonesas, apresentações com Taiko e artes marciais como Judô e Karatê. A iniciativa foi da recém criada Associação Japonesa de Lages, que reune imigrantes japoneses e descendentes.

O 1° Lages Matsuri celebrou os 110 anos da imigração japonesa no Brasil, o festival nipônico reuniu em sua programação danças típicas japonesas, apresentações com Taiko e artes marciais como Judô e Karatê. A iniciativa foi da recém criada Associação Japonesa de Lages, que reune imigrantes japoneses e descendentes.

 


137 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-