Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook Twitter email

Nenhum banner para exibir

Anunciar Empresa
CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

CASOS DE COVID-19 SE APROXIMAM DOS 600 E NÚMERO DE MORTES CONTINUA ALTO – Pico da pandemia pode ocorrer na primeira quinzena deste mês.

VEJA A SEGUIR O BALANÇO DA SEMANA. CIENTISTAS TEMEM QUE FLEXIBILIZAÇÃO INDISCRIMINADA LEVE À CONTAMINAÇÃO DESCONTROLADA. HISTÓRICO DA SEMANA: Hoje, 04/05 -
INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

INVERNO CHEGA PESADO NO SUL E NO CENTRO DO PAÍS – Mínima foi em Urupema, na Serra Catarinense. Geou também na Gaúcha.

SOL E CÉU CLAROS, MAS COM MUITO VENTO, APÓS A GEADA, TROUXERAM UMA SENSAÇÃO ATÉRMICA NEGATIVA EM 10 MUNICÍPIOS DAS
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E A DO CONHECIMENTO: Atropelaram a Educação e a resistência a novas culturas

HÁ 20 ANOS QUE A NOSSA EDUCAÇÃO ESTÁ ENSINANDO CONTEÚDOS E FORMANDO GENTE PARA TAREFAS DO SÉCULO PASSADO. A ORGANIZAÇÃO E
CAMINHO NATURAL DA  EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

CAMINHO NATURAL DA EDUCAÇÃO PODERÁ SER A PRIVATIZAÇÃO – Aquisição de vagas pode aliviar o peso crescente na estrutura e nas contas públicas.

NAS MÃOS DE PROFISSIONAIS O SETOR SE TORNARIA MAIS PRODUTIVO E SEM INTERFERÊNCIA IDEOLÓGICA, PARTIDÁRIA E DE CONTEÚDOS EXÓTICOS. O Ensino
ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

ESTIAGEM PODE COMPROMETER ABASTECIMENTO NO SUL DE SC – Mais 15 dias sem chuva forte justificará decreto de emergência.

BARRAGEM QUE ABASTECE CRICIÚMA E REGIÃO ESTÁ COM 10% DE SUA CAPACIDADE DE ESTOCAGEM. CIDADES, INDÚSTRIAS E AGRICULTURA PODEM TER
CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

CAMPO NÃO PARA E JÁ COLHEU 90% DA SUPERSAFRA DE GRÃOS – Área já está quase toda coberta de milho e é preparado solo para nova safra.

DADOS IMPORTANTES REVELAM QUE DEPOIS DA PANDEMIA PROVAVELMENTE O MUNDO PRECISARÁ MUITO DE ALIMENTOS E O BRASILEIRO PRECISARÁ COMER E RECUPERAR SUA
FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

FIQUE EM CASA, EVITE IR BUSCAR O VÍRUS E CONTAMINAR QUEM VOCÊ AMA – Parar a Terra, no bom sentido, é preciso!

RAUL SEIXAS E SÍLVIO BRITO JÁ PREVIAM ISSO HÁ MAIS DE 30 ANOS: O DIA EM QUE A TERRA PAROU
O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

O DESAFIO DA RECUPERAÇÃO DO PAÍS APÓS A PANDEMIA – Infraestrutura, recuperação de empresas e competitividade.

APÓS VENCIDA A BATALHA PELA VIDA E AS REFORMAS, VEM A BUSCA DA CONFIANÇA DE INVESTIDORES INTERNACIONAIS PARA RECUPERAÇÃO DA

TERMINAL DOM HONORATO SERÁ REMODELADO – Lançada ordem de serviço e o cronograma é de seis meses


capa
Esta postagem foi publicada em 29 de junho de 2018 Notícias, Notícias em Destaques Slide Topo, Política.

O prefeito Antônio Ceron acaba de autorizar as obras de remodelação no Terminal Rodoviário Dom Honorato Piazera. Como sempre, as máquinas já estão roncando.

O terminal foi inaugurado há 26 anos e o projeto precisou ser adaptado totalmente para obedecer aos pleitos dos passageiros.

Durante a cerimônia a gente ficou sabendo que, em média, 12 mil pessoas embarcam lá todo mês, em direção adiversos destinos de Santa Catarina e outros Estados.

Os principais destinos dos passageiros são: Paraná, Rio Grande do Sul e cidade de São Paulo, gerando arrecadação ao município de Lages por conta da taxa de embarque, além de servir ao fluxo para o Espírito Santo e Argentina. Nos períodos de férias escolares, Natal, Ano Novo e Dia das Mães, este número aumenta consideravelmente, pois em dezembro e janeiro.

São geralmente de 80 a 90 mil passageiros, entre embarques, desembarques e em trânsito, com ponto de parada em Lages. Em meses normais, longe de datas comemorativas, passam de 50 a 60 mil pessoas pela rodoviária. Diariamente, circulam de 800 a 900 pessoas. O fluxo maior é no período noturno.

Agora este espaço está passando por uma completa revitalização. A ordem de serviço para as obras foi entregue à empresa Construções Herval Ltda. É uma ME de Herval do Oeste a vencedora do certame licitatório. A empresa será prestadora de serviços e responsável pelo fornecimento de material. O prazo de execução é de seis meses. A assinatura e entrega foram prestigiadas por secretários municipais, vereadores, servidores e profissionais de imprensa.

O proprietário da empresa Herval, Jucenei Andrade, adianta que a empresa poderá entregar a obra pronta em cinco meses. A previsão é iniciar os trabalhos nesta quinta-feira (28 de junho), quando haverá uma reunião com a fiscalização para averiguar as prioridades. O começo se dará com demolições e reparos para atividades de pintura. Alguns serviços serão terceirizados pela Herval.

Os recursos investidos chegam ao total de R$ 497.751,56, provenientes do Ministério das Cidades, pela emenda parlamentar do senador Dário Berger. A emenda está prevista desde meados de 2014. Do total, R$ 250 mil já estão depositados à disposição da prefeitura. Serviços complementares na rodoviária, comuns a esta proporção de obras, serão bancados pelo Município. “Já existia um projeto anterior, mas foi preciso partir do zero. Há 90 dias estivemos em Brasília para conversar sobre a liberação da primeira parcela. A população de Lages e os visitantes de fora, de outras partes do país, irão se deparar com um local melhor estruturado e mais confortável.”

O vice-prefeito Juliano Polese, recorda a função primordial de um Terminal Rodoviário dentro de uma cidade. “A Rodoviária de qualquer município é a porta de entrada da cidade, onde se encontra a informação do destino e serviços buscados pelas pessoas. A readequação do projeto promoverá uma revitalização mais completa.”

O secretário de Planejamento e Obras (pasta sob a qual esteve a incumbência de elaboração/remodelação do projeto e a fiscalização das obras), Claiton Bortoluzzi, esclarece: “Este é um projeto totalmente novo, pois o anterior não era adequado às reais e ideais necessidades de melhorias para proporcionar melhor bem estar aos cidadãos que circulam pela rodoviária.” Na cerimônia, o prefeito Ceron aproveitou para anunciar que na próxima quarta ou quinta-feira (27 ou 28 de junho), será entregue a ordem de serviço para asfaltamento da rua Coronel Córdova, desde o colégio Bom Jesus até a avenida Dom Pedro II e uma emenda da deputada federal Carmen Zanotto.

Uma rodoviária mais moderna, cômoda e acessível

O projeto anterior de restauração da rodoviária foi totalmente modificado pela Secretaria de Planejamento e Obras, à qual será responsável pela fiscalização dos serviços da terceirizada, através da engenharia. As modificações e inovações contemplam novos revestimentos nas fachadas e instalação de portas automáticas para conforto térmico interno. Fazem parte da programação de revitalização a substituição de pavimento na parte frontal para acesso a táxis e veículos em geral, avanço de cobertura no espaço de carga e descarga no local destinado ao estacionamento para táxis, com intenção de melhor proteção aos passageiros a partir de uma marquise metálica; traffics calming na parte externa; limpeza e reforma de telhado de concreto, com resolução do problema de goteiras, adequação de pisos, reposicionamento de aparelhos de ar-condicionado, pintura interna e externa, reforma total dos banheiros com substituição de divisórias por granito, um material de maior resistência, e instalação de melhores equipamentos, a exemplo da troca de louças sanitárias e em obediência à circulação da ABNT NBR 9050, referente aos deficientes físicos.

Bem mais que plataformas de ônibus e venda de passagens

A rodoviária, inaugurada em julho de 1991, em solenidade com show do cantor Sérgio Reis à época, está sob os cuidados da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente. Câmeras de videomonitoramento reforçam a segurança do público que circula pelo Terminal. Fiscais da ANTT monitoram os ônibus interestaduais. A Junta Militar também funciona na rodoviária. Até então o local havia passado por reparos e pequenas reformas. Na parte térrea do prédio, funciona a comercialização de passagens nos guichês de comercialização de passagens pelas empresas – Nevatur (que vende passagens também para a Manfredi e Penha), Reunidas e Auto Viação Catarinense, restaurante e lanchonete, uma loja de conveniência, uma de artesanato e disponibilização de banheiros e oito cabines de telefone, enquanto no pavimento superior estão a sede administrativa da Diretoria de Trânsito (Diretran) e da Defesa Civil. A Secretaria de Serviços Públicos conta com profissionais na rodoviária. Do lado de fora, do lado de trás, estão as plataformas de embarque e desembarque, além de guarita. Pela frente, amplo estacionamento e espaço para os táxis. Dúvidas podem ser dirimidas pelo número 3222-6710. A coordenação da rodoviária é da assessora de Governo, Anna Carolina Chagas Toscan.

A população de Lages e os visitantes de fora, de outras partes do país, irão se deparar com um local melhor estruturado e mais confortável / Fotos: Marcelo Pakinha

capa


134 Visualizações

Nenhum banner para exibir

Coluna Eron J. Silva



-